09 março 2017

A Sedução na Escuridão (50 Tons Mais Escuros)

Por Larisse Telles | Colunista do Blog da Categoria Textos e Comportamento




Dessa vez se esperava que os 50 tons cinzentos do Sr. Grey revelassem uma trama com um toque de suspense e violência.

Dessa vez se esperava que os tons mais escuros deixassem a submissão e sedução de lado.

Mas não!

Ainda que seja desnecessário relembrar a história que envolve o Sr. Grey e a Srta. Stelle, não se pode deixar de perceber os olhos arregalados e a respiração presa ao verem a Submissa- Psicopata-Serial Killer corresponder ao seu “Mestre” apenas com o dedo e uma palavra. Ajoelhe!

Ainda que se espere que as regras sejam quebradas e, de certa forma, são...

Ainda que haja um Grey romântico que mexe com as perspectivas femininas na transferência para a vida real, o que continua presente são os corpos em ebulição fazendo tremer toda a fileira de cadeiras no cinema; são os homens com a ruga na testa para entenderem o sentido de estar ali ao invés de estarem no baba com os amigos; os sorrisos maliciosos a cada cena de sexo, independente da idade.

Sim!

Os telespectadores são casais, senhoras assanhadas e amigas em êxtase, fazendo comentários de todos os tipos, inclusive, se a calcinha de Anastacia é bonita ou não.

Independente da “escuridão” que, teoricamente, o personagem vive, a fórmula é simples! A trama traz tons mais escuros que vão despertar o desejo pelo outro, no sentido mais literal possível.

Faça como o Sr. Grey, transforme a escuridão em tesão! Ame sempre!


Um beijo iluminado, Lari | contato: larisse_ramos@hotmail.com
Comentários
0 Comentários